INSTITUTO DE CRIMINOLOGIA E POLÍTICA CRIMINAL

 

OBJETIVO

Tem por objetivos estatutários produzir estudos e pesquisas sobre crime, política criminal e direitos humanos, realizar e apoiar a realização de palestras, seminários e cursos de aperfeiçoamento ou de especialização nessas áreas, e publicar uma revista para divulgar os resultados de sua atividade.

Clique aqui para ler o estatuto completo.

BREVE HISTÓRIA DO ICPC

O Instituto de Criminologia e Política Criminal – ICPC foi inaugurado em 25 de janeiro de 2001, com uma Conferência sobre a Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica proferida pelo Prof. Dr. Juarez Cirino dos Santos para a comunidade acadêmica e profissionais do Direito, no Auditório da Av. Cândido de Abreu, 651, 1o andar, Curitiba, PR.

Fundado com o objetivo de produzir e difundir conhecimentos científicos sobre Crime, Política Criminal e Direitos Humanos, o ICPC tem promovido Congressos e Seminários nacionais e internacionais, como o 1o Congresso Brasileiro de Criminologia Crítica, em conjunto com a Faculdade de Direito da UFPR, no mês de maio de 2008; igualmente, promoveu o curso intitulado Tendências atuais na teoria criminológica, na sociologia jurídica e no sistema penal, proferido pelo Prof. Dr. Sebastian Scheerer (Universidade de Hamburgo, Alemanha), com a duração de 36 horas, nos meses de outubro e novembro de 2010. Além disso, tem oferecido regularmente e sem interrupções, desde o ano de 2004, Cursos de Especialização em Direito Penal e Criminologia, com carga horária de 360 horas e aulas ministradas de março a dezembro, toda 6a feira (noite) e Sábado (manhã). O Curso de Especialização, desenvolvido nas linhas de pesquisa (a) sistema penal e direitos humanos e (b) criminologia e controle social, nos anos de 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008 foi promovido em convênio com a Universidade Federal do Paraná (UFPR); nos anos de 2009, 2010, 2011 e 2012 vem sendo promovido em convênio com a Universidade Positivo (UP).

Os números do ICPC são impressionantes: mais de 300 alunos concluíram os créditos de pós-graduação, mais de 90% dos alunos matriculados apresentaram Monografia e obtiveram o título de Especialista em Direito Penal e Criminologia, com a característica notável de apresentar o mais baixo nível de desistência em cursos semelhantes no País: 1% (um por cento) ao ano.

O Corpo Docente do Curso de Especialização do ICPC, sob a Coordenação do Prof. Dr. Juarez Cirino dos Santos, é integrado por professores doutores de prestígio nacional e internacional no Direito Penal e na Criminologia, como Massimo Pavarini, (Universidade de Bologna, Itália), Sebastian Scheerer (Universidade de Hamburg, Alemanha), Nilo Batista (UFRJ e UERJ), Juarez Tavares (UERJ), João Mestieri (UFRJ e PUCRJ), Vera Andrade (UFSC), Dimitri Dimoulis (FGVSP), Ana Lucia Sabadell (UFRJ), Ester Kosovski (UFRJ), Katie Argüello (UFPR), Luiz Antonio Câmara (UNICURITIBA), Mário Ramidoff (UNICURITIBA), Eliezer Gomes da Silva (UNIBRASIL), além de alguns grandes talentos da jovem geração de professores paranaenses de Direito Penal e de Criminologia, como Maurício Stegemann Dieter, Fábio Bozza, Flavio Cruz e Jacson Zílio

O Curso de Especialização em Direito Penal e Criminologia é oferecido principalmente para graduados em Direito, mas também admite graduados em Sociologia e Psicologia, em face da amplitude de abordagem filosófica, política, sociológica, psicológica e jurídica do Sistema de Justiça Criminal brasileiro, nas suas dimensões de lei penal, polícia, justiça e prisão.

 

 

Criado por Cirino em 16/12/2016

Especialização Direito Penal e Criminologia – Turma 2017

Matrículas Abertas

http://icpc.org.br/curso/

 

 

Criado por Cirino em 05/12/2016

A conexão Lava Jato/Meios de Comunicação: um novo cenário de luta de classes

http://www.justificando.com/2016/03/13/a-conexao-lava-jatomeios-de-comunicacao-um-novo-cenario-de-luta-de-classes/

Criado por Cirino em 13/03/2016

O advogado Juarez Cirino debate o sistema carcerário brasileiro durante o XII CONADEP

Publicado em 29 de nov de 2015

No segundo dia do XII Congresso Nacional dos Defensores Públicos (CONADEP), o painel sob o tema “Política criminal do super-encarceramento: é possível falar em abolicionismo penal no Brasil ? ” contou com a participação do defensor público do Paraná, André Giamberardino; o professor universitário, pesquisador, escritor e advogado Juarez Cirino; o delegado Orlando Zaccone e o professor e especialista em criminologia, Salo de Carvalho. Os painelistas apresentaram o tema proposto com a ideia de problematizar a situação prisional brasileira e tentar apontar algumas alternativas, sobretudo aquelas que estão no horizonte institucional da Defensoria. O abolicionismo penal no Brasil é um movimento relacionado à descriminalização, que sugestiona a retirada de determinadas condutas de leis penais incriminadoras e à despenalização, essa última é entendida como a extinção de pena quanto a prática de determinadas condutas. Hoje, o Brasil tem a quarta maior população carcerária do mundo, são 600 mil presos ocupando apenas 370 mil vagas.

Criado por Cirino em 22/02/2016

I CONGRESSO DE CRIMINOLOGIA – Homenagem à Profª Dra. Vera Andrade

Criado por Cirino em 01/10/2015

Juarez Cirino dos Santos, Juarez Tavares e João Mestieri [ID, 1997]

Criado por Cirino em 25/08/2015

Um momento crucial da luta de classes no Estado Brasileiro

Criado por Cirino em 03/06/2015

Análise do Prof. Dr. Maurício Dieter (USP) sobre a Redução da Maioridade Penal

Criado por Cirino em 26/05/2015

Análise do Prof. Dr. Juarez Cirino sobre a Redução da maioridade penal

O jurista Juarez Cirino dos Santos foi o convidado do advogado Luiz Carlos da Rocha, no Jogo do Poder PR que foi ao ar no dia 10/05/15, pela Rede CNT (Canal 06), em Curitiba. Cirino falou sobre a redução da maioridade penal.

Criado por Cirino em 12/05/2015

“Droga não é assunto do Direito Penal” Sebastian Scheerer

Criado por Cirino em 10/02/2015